JOESLEY E SAUD SE ENTREGAM E JÁ ESTÃO NA FEDERAL

Os Executivos chegaram à Superintendência da PF na zona oeste de São Paulo em carros separados e não deram declarações à imprensa.

Atendendo ao pedido do procurador  Rodrigo Janot, o ministro Edson Fachin determinou a prisão temporária dos dois executivos  por violação do acordo de colaboração premiada, ao omitir esclarecimentos dos procuradores e obterem informações privilegiadas com o ex-procurador Marcelo Miller.

Rodrigo Janot deve pedir a rescisão do acordo de delação premiada que garantia imunidade penal aos empresários da JBS. Em uma tentativa de serem ouvidos por Fachin, os advogados de defesa entregaram os passaportes dos dois delatores à Justiça demonstrando o desinteresse em fugir do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.