MORO, CONHECIDO POR SUA PARCIALIDADE, CONFIRMA O QUE AS PESSOAS ÉTICAS JÁ SABIAM: CONDENA LULA

 

Produção Afinsophia.

 O juiz Sérgio Moro fez o que estava escrito muito antes da Lava Jato: tentar obstruir os percursos democráticos do Brasil. O capital internacional nunca simpatizou com Lula. Daí nenhum surpresa na ingerência dos EUA no golpe e na perseguição a Lula comandada por Moro.

   Diante do texto escrito a priori, Moro fez o que as pessoas éticas já sabiam: Condenou Lula a 9 anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Tudo que foi provado o contrário pelos advogados de Lula e mais de 70 testemunhas entre as de defesa e as de acusação.

    É uma condenação que não atinge a essencialidade e a singularidade de Lula, visto que ele é um homem que transcendeu, junto com o povo, adjetivos das banalidades. As direitas comemoram om seus resíduos psicopatológicos

      Agora, o processo contra Lula segue para a segunda instância.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.