A cientista Terezinha Maria de Paiva, juntamente com sua equipe do Instituto Adolfo Lutz, no final do mês de abril, conseguiu isolar o vírus da gripe suína. O seqüenciamento do material genético da estirpe brasileira, que o isolamento do vírus proporcionou, está sendo realizado pela cientista Cecília Luiza Simões dos Santos.

De acordo com o Instituto Adolfo Lutz, “a nova estirpe passou a ser denominada A/São Paulo/1454/H1N1”. Ainda segundo o Instituto, a investigação da epidemiologia molecular do vírus para se saber se o padrão viral se mantém ou já se diferenciou dos encontrados em outras regiões do mundo, contribuir para produção da vacina e a avaliação de respostas aos antivirais, tem seu fundamento na caracterização genética. Daí a importância científica para o mundo do ato de isolamento do vírus pela equipe da cientista Terezinha Maria de Paiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.