CARTAS MARCADAS NO PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DO AMAZONAS?

Em quase todos os concursos e processos seletivos ocorridos em Manaus, às vezes a boataria é geral de que as cartas já estão marcadas; ou seja, são falsos concursos e processos seletivos preparados para oficializar a contratação de pessoas previamente selecionadas. Em praticamente todos os anúncios de concursos e processos seletivos que esse bloguinho noticiou, existem comentários de pessoas que relatam suas suspeições.

Quanto a isso, não houve exceção em relação ao Processo Seletivo da Fundação Medicina Tropical. Uma leitora, que assina como Adelina Menezes, que esteve envolvida neste processo seletivo, vê com suspeitas a forma como ele foi organizado, e coloca alguns argumentos do que viu e vivenciou na tentativa de se inscrever.

Este processo “seletivo” sugere muito que as cartas já estejam marcadas. Pelo número de vagas, o período de inscrição de apenas 1 dia e meio não seria suficiente para a entrega dos documentos e currículos. Para quem foi, como eu, nos 2 dias tentar a entrega da inscrição verificou filas quilométricas, chuva, falta de informação, poucos funcionários para receber inscrições, sol e frustração pelo insucesso. O chamado caráter “emergencial” me gera dúvidas, emergencial para quem??? Manaus já é uma cidade grande, metrópole populosa, há tempos deixou de ser provinciana. A FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DO AMAZONAS é hoje uma das principais instituições hospitalares e de pesquisa em sua área no país, por isso, não entendo a atitude “provinciana” na organização de um processo seletivo que, como deveria ser previsto, geraria tamanha expectativa e interesse dos profissionais de saúde da cidade e, inclusive do país. Por isso, acredito que o processo não será prorrogado, acredito que quem deve ser selecionado já fez a inscrição nos primeiros minutos do processo de inscrição.

As observações de Adelina já lhe dariam o direito de procurar um órgão competente para oficializar suas suspeitas ou aquilo que ela vê como sendo irregularidades na organização do processo seletivo.

Não apenas nesse caso, mas em todo e qualquer concurso que for verificada alguma irregularidade pela qual não esteja garantida a livre concorrência, principalmente se houverem provas claras e confirmáveis, deve-se procurar o Ministério Público do Estado do Amazonas. Aí haverá juízes designados para atender e orientar os cidadãos, que, inclusive, poderá contar a possibilidades de escolher entre denúncia pública ou anônima.

E não se deve esperar nenhum pouco mais, pois existem prazos curtos para impugnações em concursos e processos seletivos falseados. É uma forma de defender seus direitos democráticos e diminuir as possíveis fraudes, pois se é verdade que o concurso ou seleção ocorreu apenas para oficializar nomes previamente selecionados, ainda há o lucro com os pagamentos de inscrição.

Afinal, que jogador jogaria um jogo apenas para assistir o outro ganhar de si? E mais, há de se lembrar que serviço público não é, ou não deveria ser, um trapaceiro carteado.

10 thoughts on “CARTAS MARCADAS NO PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO DE MEDICINA TROPICAL DO AMAZONAS?

  1. Agradeço a orientação e irei tentar buscar orientações no MP. Nós brasileiros não sabemos lutar por nossos direitos e documentar nossas reclamações, uma atitude cultural acredito, mas que vem mudando com a informação e espaços de sites como este. A burocracia da justiça nos desestimula, mas isso não pode ser desculpa.
    Obrigado e um abraço a todos.

    Adelina Menezes.

  2. É UMA FALTA DE RESPEITO COM A POPULAÇAO, POR QUE SE EXISTE VAGAS QUE NAO FORAM PREENCHIDAS, E SE À CARÊNCIA NO ATENDIMENTO DE SAÚDE, POR QUE NÃO FAZER UM CONCURSO PUBLICO TRANSPARENTE PARA QUE TODOS OS CIDADÕES TENHAM OPORTUNIDADE DE CONCORRER, E NÃO ESSE ESQUEMA DE NEPOTISMO E CARTAS MARCADAS ENGANADO A POPULAÇAO.

  3. Mesmo para um processo seletivo, o ideal seria que os candidatos selecionádo realizarssem uma prova de conhecimentos específicos para mostrar quem é quem, ou seja, que fique o mais capacitado.

  4. Mesmo para um processo seletivo, o ideal seria que os candidatos selecionados realizassem uma prova de conhecimentos específicos para mostrar quem é quem, ou seja, que fique o mais capacitado.
    (só para corregir alguns erros de digitãção).

  5. A PERGUNTA que nao quer calar. O PORQUER NAO fazem um aproveitamento das pessoas que prestaram concurso em 2005? Todos farao parte da folha da susam . Ei de concordar com a maioria ixiste sim um modo de apadriamento discarado que poucos sao beneficiados, o mas triste e’ que no’s somos culpados em eleger pulitcos safados que colocam secretario seja ele de saude , obras , turismo,assim por diante mas safados ainda

  6. esse “processo seletivo são cartas marcadas” mesmo, isso é uma tremenda sacanagem, falta de respeito com os profissionais da area da saude tecnico em enfermagem. me sinto completamente envergonhada , estudamos nos qualificamos, resulta em que? Q.I (QUE INDIQUE).SINCERAMENTE ME RESPONDAM CAROS LEITORES E ORGANIZADORES DESSE PROCESSO SELETIVO FMT, SE FORAM INUMERAS PESSOAS QUE LEVARAM O SEU CURRICULO COMO PODERAM ANALIZAR TODOS ESTES CURRILOS? SE ISSO NÃO FOSSE DRAMATICO SERIA CÔMICO. FICA AQUI MINHA REVOLTA. REFLITÃO BEM!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.