LULA? “ESSE É O CARA. EU ADORO ESSE CARA!”

Conversando com o primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, em reunião do G20, em Londres, onde os líderes dos países desenvolvidos e os em desenvolvimento discutem soluções para a crise mundial, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama afirmou, observando Lula, distante: “Esse é o cara. Eu adoro esse cara”. E continuou: “É o político mais popular do mundo”. Ao que o primeiro-ministro Rudd acrescentou: “O mais popular do mundo de longo mandato”. Para Obama completar: “É porque ele é boa pinta”.

Agora, patrícios, imaginem como deve estar o “príncipe dos sociólogos”, Fernando Henrique, com tanto confete mundial lançado ao Sapo Barbudo? Imaginem, o homem que rasgou a Constituição para se reeleger, vendo e ouvindo o primeiro-ministro, Rudd reconhecendo “o mais popular político de longo mandato”? Imaginem. Ele, FHC, que terminou o segundo mandato falindo o Brasil. Agora, imaginem mais, o toque de elegância na vaidade do “príncipe”, na seleção e classificação, status quo, de gentileza em Lula, vivenciada por Obama, revelada na sentença charmosa: “É porque ele é boa pinta”. É de entortar os beicinhos da inveja ressentida. Logo FHC, cujos cortes dos ternos não emitem a segurança de quem um dia foi presidente. Hoje, só lhe restou o despeito lamuriento dos vencidos, embrulhado em tecido amassado e encardido pela história de glória de um estadista nordestino.

Segundo a Agência Brasil, o fato, que faz tremer FHC, encontra-se no Vídeo da BBC Brasil. Vai lá, Fernando, se tu tens coragem. Vai lá! Como é bom de ver o colorido do Brasil internacional produzido pela intensidade política Lula.

1 thought on “LULA? “ESSE É O CARA. EU ADORO ESSE CARA!”

  1. HE IS THE MAN, COM ESSA FRASE O BAIANO OU MINEIRO OBAMA RESUMIU TODO O SENTIMENTO DE AFETO QUE OS LÍDERES MUNDIAIS EXPRESSERAM NESSES ENCONTRO DE LONDRES EM RELAÇÃO AO LULA-LÁ, POIS ELES JÁ SA-CARA(M) QUE ELE É O CARA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.