GILMAR MENDES, PRESIDENTE DO STF, E O CORPUS DO 'ORELHUDO'

9

Para tudo se dá um jeito quando se está do lado dos irmãozinhos. Durou apenas dois dias a primeira prisão do ‘orelhudo’ Daniel Dantas. Ontem a noitinha, o presidente do STF – Supremo Tribunal Federal o resgatou das mãos da Polícia Federal. Mas não foi na calada da noite, uma vez que Gilmar Mendes fez barulho para tentar ‘blindar’ Dantas da prisão, chamando os policiais federais de “gângsters”, suas ações de “terrorismo lamentável”, chamou de “espetacularização” a prisão e até afirmou que o banqueiro “poderia” pedir um habeas corpus. Não foi só ele. Como demonstra o jornalista Bob Fernandes, do portal Terra Magazine, houve uma guerra interna dentro da própria Polícia Federal para levar a diante a operação. O delegado Protógenes Queiroz teve praticamente de passar por cima das ordens superiores, trabalhando por baixo dos panos, na surdina, sem aparatos de sustentação logística, contando apenas com a lealdade e o caráter de outros como ele, que queriam tirar da toca fortificada aquele que se achava intocável. Na verdade, Daniel Dantas e a irmã, Verônica Dantas até já haviam entrado com um habeas corpus antes mesmo de sua prisão. Para Mendes não há necessidade da prisão preventiva do ‘orelhudo’ e sua irmã, e mais nove que haviam sido presos conjuntamente somente por corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, sonegação fiscal e formação de quadrilha, por eles não representarem ameaça alguma às investigações. Claro. Eles vão tentar ajudar a investigação a não chegar no governo Fernando Henrique e, provavelmente, no próprio Gilmar Mendes, que foi indicado pelo ex-presidente tucano. Para Paulo Henrique Amorim, “o único recurso é recorrer ao Conselho Nacional de Justiça e pedir o impeachment de Gilmar Mendes”. Acrescentamos que, para na próxima prisão de Dantas, se Mendes receber o impedimento, provavelmente ele também tenha o nome incluído na lista de prisões. Enquanto isso, Naji Nahas e Celso Pitta e os seus não foram contemplados com os beneplácitos do presidente do STF e continuarão na cadeia. A guerra irá prosseguir na Polícia Federal que deve persistir no caminho de se confirmar como uma polícia republicana —, nos parlamentos, no judiciário… Já serviu para Dantas perceber que um dia o trapaceiro perde uma rodada, e, como diria Bertolt Brecht, quem sabe um dia a sorte não muda! Quanto a Gilmar Mendes, nunca caiu tão bem as palavras do dramaturgo/poeta alemão:

Alguns juízes são absolutamente incorruptíveis.

Ninguém consegue induzi-los a fazer justiça.”

9 thoughts on “GILMAR MENDES, PRESIDENTE DO STF, E O CORPUS DO 'ORELHUDO'

  1. È impossivel tentar lhes dizer o quanto estou indiguinado com esse Gilmar Mendes, acho que ele é aida pior que o orelhudo, pois o pagamos para fazer prevalecer a justiça e esse corrupto sem um pingo de moral, faz prevalecer a impunidade, creio que ele deve estar envolvido na corrupiçao até o pescoço, sinto aquela vontade de fazer justiça com as proprias mãos,

  2. nao entendo como converter um HC preventivo em repressivo e depois converter o repressivo novamente em repressivo, são as atitudes de nosso ministro gilmar mendes ecoando no stempos modernos e acabando com o estado democratico de direito em que todos tem o direito constitucionalmente garantido de se valer do judiciario para dirimir conflitos e pedir por justiça, mas como apelar pela justiça se a propria justiça é corrupta?

  3. Em 28 de dezembro de 2008
    Fiquei melhor conhecendo o tal de Gilmar Mendes no programa RODA VIVA da TV Cultura e confesso que não gostei nem um pouco dele e nem de suas respostas às perguntas formuladas, isso quando respondia, pois várias ele preferiu deixar sem resposta. Sinceramente, achei-o mal humorado, feio e parece comprometido com o mal. Não tive dúvidas de minhas observações depois que li um artigo na revista CAROS AMIGOS, que já começa com aquela frase famosa de RUI BAROSA – “DE TANTO VER TRIUNFAR AS NULIDADES, DE TANTO VER PROSPERAR A DESONRA, DE TANDO VER CRESCER A INJUSTIÇA, DE TANTO VER AGIGANTAREM-SE OS PODERES NAS MÃOS DOS MAUS, O HOMEM CHEGA A DESANIMAR DA VIRTUDE, A RIR-SE DA HONRA, A TER VERGONHA DE SER HONESTO”. Precisa dizer mais? Vale a pena ler CAROS AMIGOS. (Revista n. 141, de dezembro de 2008).

  4. Valeu Geralda pela sua idéia Maria, que percebe num plano próximo real e não num plano distante abstrato. “Eles” fazem tudo para que voce/nós vejamos o que não são, mas nada podem contra a inteligência.
    Valeu!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.