A IMORALIDADE MORALISTA DA SOCIEDADE MIDIOTIZADA DE MANAUS

No Canal Livre, programa televisivo estilo policialesco, de exploração da miséria social e trampolim eleitoral sustentado no desespero de parte da população, de propriedade dos irmãos Souza (PP), foi exibido hoje, em horário de almoço, um vídeo onde duas adolescentes, alunas do CEFET/AM, aproveitam a sala de aula para se beijar e trocar carícias. Um detalhe: o vídeo é de abril, quase três meses atrás. O apresentador, subalterno dos locatários do horário televisivo, aproveitou para escarnecer da atitude das garotas, exibindo a sempre presente “boa moralidade”.

A MORAL E A “IMORALIDADE” DOS PROGRAMAS TELEVISIVOS

Reza a boa moral cristã-burguesa que o pecado, se cometido, deve ser seguido de sincero arrependimento e penitência, a fim de ser perdoado por Deus. Na lógica do se dar bem e do culto à dor e à imobilidade, característica da moral de classe, mais vale esconder do que não praticar. Assim, condena-se no outro aquilo que, em família, ou na intimidade, é permitido. Mas permitido não como prática libertadora, mas como modo de ser ligado ao ideal ascético, o ressentimento elevado ao mais alto grau.

Quando, impossibilitado de fazer fluir para o campo das relações os afetos produzidos pelos encontros, faz-se a inversão, e a agressividade faz-se para “dentro”, invertendo a ordem, infligindo a auto-violentação e auto-censura do corpo, do pensamento e dos fluxos-afetantes que aumentam a potência de agir.

No âmbito das relações de produção capitalistas, pautados na exploração da potência criadora do humano (força-de-trabalho) em prol da acumulação de capital, a moralidade cristã-burguesa encontrou terreno fértil para a disseminação epidêmica. Eleitoralmente, os programas que exploram a miséria social, produzida pelos mesmos “heróis” policialescos e seus aliados no executivo e legislativo, são o fruto midiático mais evidente dessa moral do ressentimento e da dor. Daí a exacerbação da censura moralista diante de um beijo.

QUADRILHA (QUE NÃO É A DE DRUMMOND)

Carlos, deputado federal, Wallace, deputado estadual e Fausto Souza (eterno candidato) tinham um programa televisivo, hoje na Tv Manaus, de exploração da miséria social na tevê de Francisco Garcia, ex-deputado, cuja filha, Rebeca, deputada federal, quer ser vice de Amazonino, que quer Carlos e o apoio de Sabino, deputado federal, que fez de conta que se afastou do amigo e ensaiou aproximação ao pupilo de Amazonino, Carlos Eduardo Braga, governador, que quer eleger seu vice, Omar Aziz, e controla a ALE/AM, do deputado Sinésio Campos, da qual até pouco tempo Maneca era parlamentar e amigo de Amazonino, mas agora é vice de Serafim, que finge que briga com a CMM, que está cheia de vereadores eleitos na exploração midiática da miséria social, que não permite amar a ninguém e carregam a mesma moral.

A moral que condenou o beijo das adolescentes é a mesma que produz e explora a miséria social, e que interdita qualquer possibilidade de afetos livres e autônomos da boca destes representantes do ideal ascético.

IMPLICAÇÕES LEGAIS E AS INSTITUIÇÕES DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

Deste ponto de vista, a exibição do vídeo num programa televisivo, em horário de almoço, por parte do referido programa, provoca duas situações que implicam as instituições de proteção à criança e ao adolescente da cidade de Manaus.

Primeiro, se os produtores do programa (considerando-os hipoteticamente capazes de tal operação epistemológica) consideraram o vídeo como moralmente comprometedor, pelo beijo e pelos amassos das garotas, e mesmo assim decidiram exibi-lo, a fim de ganhar uns pontos na audiência, então cometeram um ato ilícito ao exibirem o mesmo em horário inapropriado. Feriu, portanto, o direito das crianças e adolescentes que, porventura, estivessem naquele momento na frente da tevê, embora se fosse o caso, ter-se-ia que comprometer juridicamente também o explorador da concessão do canal de tevê, o “surtudo” Francisco Garcia, que permite a exploração explícita da miséria social em horário de almoço.

Se, e ainda hipoteticamente considerando a produção e os proprietários do programa epistemologicamente capazes, exibiram a fim de explorar o suposto homoerotismo da cena, então cometeram o ilícito acima citado, acompanhado de homofobia, o que é caso para manifestação das entidades LGBT de Manaus e do Brasil todo.

Se, no entanto, não perceberam nada disso, e exibiram o vídeo apenas para mostrar as adolescentes numa prática considerada por eles como imoral, então atentaram contra o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), ao explorar a imagem de adolescentes sem ao menos saber se são maiores de idade.

Em qualquer dos casos, implica a atuação do Ministério Público, Conselho Tutelar, Conselho Municipal da Infância e Adolescência, no sentido de impedir que o programa continue a usar crianças, não apenas as garotas do vídeo, mas qualquer criança e adolescente com objetivos de mercado.

Muito embora, a se tomar como referência a inação destas instituições nas cotidianas cenas de exploração de crianças e adolescentes cotidianamente, não apenas no Canal Livre, mas em todos os programas da quadrilha da moral burguesa manoniquim, não se deve esperar nenhum tipo de sanção, e não se pode surpreender se algum conselheiro, promotor ou agente da proteção das crianças e adolescentes serem portadores do mesmo enunciado moralizante de Carlos, Wallace, Fausto, Sabino, Conceição, Braz e iguais…

Com uma proteção institucional como essa, quem precisa de pedofilia?

10 thoughts on “A IMORALIDADE MORALISTA DA SOCIEDADE MIDIOTIZADA DE MANAUS

  1. Gostei da Quadrilha. É um poemaço/poemasso.Continuem assim.
    Pedofília é com elles. O eleitor só cai nessa se quiser. Estou até pensando em convidar a Deputada gaúcha, Maria do Rosário para vir à Manaus dar uma palestra numa Ong. Aguardem!

  2. Anônimo,
    De anônimo não tens nada: primeiro, porque quem se manifesta não fica anônimo. Segundo, com essa pornofonização generalizada e sem razão, mostraste bem que tipo de candidato te convém. Nem precisava apresentar cartão de visita, dizendo em que votas. Tá na cara que é Amazonino.
    Nem precisa voltar aqui.

  3. Olá Wallace,
    Assisto seu programa todos os dias,moro no bairro da compensa há mais de 20 anos.A compensa já foi um bairro bom de se morar, agora está d+,não podemos sair de casa com tanta vilência.Um ponto critico da compensa é a Rua São Paulo a rua onde moro.Cedo da noite como 19:00hs,eles já estou se drogando e comercializando drogas perto de crianças.Nós que somos pessoas de bem, não podemos deixar nossos filhos nem se quer brincar em frente de casa,por que a imoralidade é d+.E a polícia!Imagina o que a polícia faz? Todos os policiais que fazem ronda nesta área já são amigos íntimos dos infratores,agora me diz qual a segurança que podemos ter? Nenhuma.No bairro da compensa não podemos chegar do trabalho sem ter medo de ser assaltada,não podemos sair para ir á feira fazer compras por que corremos o risco de não chegar com os pertences até o local desejado.
    Então peço a vçs,que se possivel realizar uma visita na Compensa I,especificamento na Rua São Paulo,a rua que passa atrás do Banco Bradesco.
    Desculpa o desabafo,mais é triste vç vê tudo errado e a policia ao invéns de nos proteger, são os primeiros (bandidos),mais é assim que dá pra ver a conduta da policia no bairro da Compensa.
    Obrigada.
    Que Deus nos abençoe.

  4. Companheira Anônima,
    Temos uma boa e uma má notícia para você:
    A má é que você não entendeu que o Bloguinho não carrega nenhum elemento de proximidade com os irmãos acima citados, assim como também não entendeu que eles são mais responsáveis pela insegurança na rua que você mora, na Compensa e na cidade de Manaus do que a polícia, e ainda não entendeu que você, que assiste esses programas, também é, por tabela, responsável. Mas ainda há tempo.
    A boa notícia é que, como eles dificilmente vão suportar dois segundos de Bloguinho na tela deles, não vão ler seu desabafo, e de quebra, não vão à Rua São Paulo. Portanto, a insegurança aí não vai aumentar.
    Desliga essa tevê, não tem nada que preste passando, continua aqui no Bloguinho!

  5. amigos voceis esqueseram o interior o iranduba presisa de você wallace souza os professores brigando pelos seus direitos,os gariz sendo umilhados para recebe o salario atrasado todos ameaçado nao agoentamos mais acultura nao existe por favor nos ajude ate os presidiarios do municipio o prefeito esta soltando Nonato lopes não e o progresso de Iranduba e ocarasco

  6. Companheiro Iranduba,
    Com todos os problemas que a cidade sofre com a péssima administração do prefeito e amigo de Braga, Nonato Lopes, você ainda quer piorar, convidando mais um amigo de Braga do mesmo naipe do atual prefeito pra ir à cidade?
    Sorte dos irandubenses que os irmãos não suportam o Bloguinho e não vão ler o apelo.
    Abraços e nestas eleições, que o povo seja o carrasco do carrasco – pelo voto!

  7. Ola walace
    gostaria que voce anuncia-se oferta de emprego
    ALIMENTOS ZAELI
    ESTA CONTRATANDO REPRESENTANTES
    INTERESSADOS LIGAR 3673 3511
    Obrigado Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.