A SUAVIDADE DA MINISTRA DILMA E AS AFECÇÕES TRISTES DOS AGRIPINOS E ARTHURS

7

Convocada pela Comissão de Infra-Estrutura do Senado para falar sobre o PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), a Ministra Dilma Roussef compareceu. Porém, antes de iniciado o rito da sessão por seu presidente, o senador Pirillo (PSDB-GO), foi ecoada a, já tartamudeada pela direita, lista da caderneta de comprar fiado na taverna, chamada pela própria, intrigantemente, de dossiê. Como não poderia ser diferente, em um momento como este, esperado também pela mídia parceira de intrigas, o primeiro a fazer uso da eca-histórica afecção-triste foi o senador “orgulho do Amazonas”, Arthur“5,5%”Neto.

Desrespeitando o tema oficial da sessão a política do PAC , o representante da direita do Amazonas foi direto ao seu blefe-demagógico construído por eles mesmos junto com a mídia-seqüelada: o espectral (imagem que não tem corpo real) dossiê. Abrindo seu inseparável arquivo de clichês, falou à ministra que ela deveria dizer a verdade que o Brasil todo esperava. E que não dava para “tapar o sol com a peneira (coisa que a produtiva peneira nunca teve a delirante pretensão, e o bom sol jamais imaginou). Lembrou da ida democrática do ministro Nelson Jobim, embora acompanhado de um grupo de militares, que, segundo ele, se fosse no tempo da ditadura, ficaria temeroso (o Amazonas pigarreou, lembrando das praias do Rio de Janeiro). Sempre usando, em vão, a palavra democracia, de quem se considera um defensor intransigente, jogou para a platéia gestos de sua conhecida ‘elegância’, elogiando a atuação da ministra como militante contra a ditadura militar, mas que ela deveria responder para o Brasil (dele) o que o pais esperava (eles: a direita). Enquanto isso, a ministra suavemente ouvia como se imaginasse que fora por estes tipos que valera se posicionar pela liberdade democrática brasileira.

Logo, em seguida, como soe acontecer em espetáculos demagógicos-midiáticos, pediu a palavra, compondo a dupla ‘Como se’, o hilário-arrumadinho, com seu penteado enlaquezado, o revolucionário senador Agripino (DEM-RN). Também, desrespeitando o tema oficial, mandou sua inquietação democrática: “A sociedade brasileira [dele] precisa saber da verdade sobre o dossiê”. Puxou uma entrevista que a ministra havia concedido em anos passados à reacionária Folha de São Paulo, onde ela afirma ter mentido na ditadura, e tentou fazer insinuações de que todas as declarações da ministra sobre a lista de comprar fiado eram mentirosas. Imaginou pelo incauto: “se ela mentiu na ditadura, ela mente na democracia [lógico que a dele]. Mas teve um momento em que seu estado soltou uma zombeteira gargalhada. Foi quando afirmou que lutou contra a ditadura quando era governador: apoiou Tancredo quando os militares já haviam se recolhido aos quartéis. O mesmo heroísmo usado por membros da esquerda Oh, My Darling de Manaus. Principalmente os dirigentes locais do PCdoB. E ainda: um vereador manauara que se apresentava como líder estudantil e que fugia da polícia em 90. Enquanto ouvia o grotesco, a ministra, suavemente, sugeria imaginar-se como em alguma cena cristal (para o filósofo Deleuze: o movimento entrelaçado entre o real e o irreal o virtual tornando-se atual, o atual tornando-se virtual).

A SUAVIDADE

Então a ministra falou. Disse que embora tivesse ido para apresentar as ações do PAC, ela se colocava à disposição dos senadores para responder qualquer pergunta, inclusive sobre o tal dossiê, mas que antes queria fazer uma observação. Aí enunciou o que nenhum estúpido da direita gostaria de ouvir naquele momento. Pois revelaria em público a sordidez daqueles que, em nome de um conceito psicótico de democracia, tramam com o único propósito de ver o país desesperado. Não deu outra: o público viu e ouviu. A ministra afirmou que aquele que compara a ditadura com a democracia atual não é um democrata. Voltou a afirmar que mentiu na ditadura. Mentiu sob a tortura, para salvar seus companheiros da prisão, tortura e morte. Mentiu, porque na tortura o que menos importa para o torturador é a verdade. Que todos, como humanos, sentem dor. Que ela, com seus 19 anos, também sentira e muito. Em três anos de prisão, compreendera as dimensões da liberdade.

Silêncio total. Parecia que pela primeira vez a maioria daquelas estavam diante de um dos momentos mais terríveis da história do Brasil. Silêncio. Era uma mulher suave que falara sem nenhuma amargura do passado. Só certeza de que valera a pena.

O cantor e compositor cearense de Sobral, Belchior, tem uma música cuja letra canta: “Se você vier me perguntar por onde andei, no tempo em que você sonhava. De olhos abertos lhe direi: amigo, eu me desesperava”. Talvez o artista não tenha sido preso no tempo em “que este desespero foi moda em 73”, mas quando ouvimos os relatos da Ministra diante dos dois senadores, que se mostram indignados com atos antidemocratas, e insinuando que também deram sua parcela de contribuição para as liberdades democráticas contra a ditadura, o texto de Belchior cai bem. Enquanto a ministra se desesperava na tortura, onde andava Agripino? Inocentemente ligado à ARENA, o modelo do seu PSD, braços da ditadura. E Arthur? Nas benesses de membro da classe média. Sem nenhum registro, em Manaus, que tenha enfrentado a ditadura pela liberdade brasileira. O que se infere com o sobralense é que, se sonhavam, não era com o Brasil livre, mas sim com seus entes oníricos de classes privilegiadas.

No resto, a Audiência Pública para a ministra foi mais uma prova de seu talento de mulher independente, e confirmação de que o povo de Manaus está certo quando lhe quer na presidência do Brasil. Agora, sim, para o desespero da direita, que, com esta realidade, não pode nem sonhar.

7 thoughts on “A SUAVIDADE DA MINISTRA DILMA E AS AFECÇÕES TRISTES DOS AGRIPINOS E ARTHURS

  1. Olá Exma sra Dilma Rosset- gostaria muito que entidades (RELIGIOSAS) como por exemplo (IGREJAS) fossem físcalizadas e obrigadas a respeitarem as lêis do país como por exemplo a LÊI 5.172 e demais artigos que as obrigam a manter dentro da sociedade uma vída bem atíva em trabalhos sociais e educacionais, sra ministra NÂO adianta jogar tadas responsabilidaes nos governos pois ambas tem que cumprir tambem seu papél na sociedade alem de propagar somente o evangelho de JESUS CRISTO, pesso proteção desta denucia que írei efetuar agora, a igreja pentecostal Deus e AMÔR anda obrigando seus fiéis seguidores a efetuarem depósitos de dízmos e votos em contas bancarias e obrigam a levarem os comprovantes de depósitos na santa cêia para que possasm provarem sua obêdiencia , sra ministra ísto e contraditorio aos principios bíblicos e ferí a consticionalidade e democracia do país, colocando os seus seguidores como estivesem vivendo em um país comunista que seus cidadões não possuam o dirêito de expreção e livré arbítrio,e TÁL Ìgreja principalmenta daquí de vitoria es- santo não esta passando para população nenhum benefício social, trabalho social aos cidadões capixabas, usam a RADIO CAPIXABA COMO UMA FERRAMENTA VOLTADA MAÍS PARA PEDIREM E EFETUAREM COBRANÇAS DE DÍZMOS E VOTOS E OFERTAS, CONHEÇO ESTE MINISTERIO A 20 ANOS E SOMENTE OS LÁ do estado de são paulo recebem algum tipo de trabalho de óbra social desta ígreja,e somente os de lá vivem uma vída arregaladamente em ambudancia fínanceira, fuí pastor deta ígreja e quando precisei do apoio deles me excluiram,ELES TEM A OBRIGATORIEDADE POR LÊI Á ALXILIAR OS GOVERNOS AO PAC e a todo cidadão.EXMA MINISTRA SUB-ROGO VOSSA AUTORIDADE QUE OBRIGUEM TODAS IGREJAS EVANGÉLICAS A ALXILIAREM AO PAC E OS GOVERNOS E QUE PROÍBAM A ABERTURA DE DENOMINAÇOES E ÍGREJA SEM UMA ESTRUTURA ADEQUADA POIS ESTÃO ABRINDO IGREJAS COMO BOTÉCO E BANQUÍNHA DE CAMELO NAS ESQUINAS DAS RUAS , PESSO AO GOVERNO FEDERAL QUE FÍSCALIZAM MELHOR TODAS ENTIDADES EVANGÉLICAS DO PAÍS. SEM MAIS OBRIGADO, AGUARDO RETORNO.

  2. DEIXO REGISTRADO AQUI QUE A INTENÇÃO COLOCAR O SENHOR GOVERNADOR DO RJ SR SERGIO CABRAL COMO VICE PRESIDENTE E UM ERRO DA PARTE DA SENHORA QUE CONSIDERO TÃO INTELIGENTE, POIS ESSE CIDADÃO VEM FAZENDO UM ESTRAGO NO GOVERNO DO RJ ESPECIFICANDO A SAÚDE QUE HOJE O POBRE NÃO TEM MAIS DIREITO AO ATENDIMENTO DO ” SAMU ” PORQUE O GOVERNADOR COM SUA CAPACIDADE DE ADMINISTRAÇÃO MILITARIZOU O PROJETO FEDERAL DO ” SAMU ” EXCLUINDO A COMUNIDADE DE ATENDIMENTO POR QUE BOMBEIRO NÃO ENTRA NA COMUNIDADES CARENTE PELA QUESTÃO DO PODER PARALELO.
    ESTE MESMO GOVERNADOR MANDOU SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO 1500 TRABALHADORES CIVIS QUALIFICADOS NO PROJETO “SAMU” NA RUA OU SEJA DESEMPREGADOS OS MESMO QUE ATENDIAM A TODA A COMUNIDADE SEM DESCRIMINAÇÃO POIS NÃO TINHAM PROBLEMA COM PODER PARALELO; DIANTE DE UM DOS PEQUENOS DETALHES DA ADMINISTRAÇÃO DO SR SERGIO CABRAL EM ORGANIZAR UM ESTADO EXCLUÍNDO O POBRE DE TER SAÚDE JA QUE NA CONSTITUIÇÃO DIZ QUE E DEVER DE TODOS; PORQUE A SENHORA COM O ATUAL PRESIDENTE LULA VAI DEIXAR ISSO ACONTECER JÁ QUE A POPULAÇÃO POBRE DO RJ E A QUE MAIS ADMIRA O SEU TRABALHO COMO MINISTRA E SE TUDO CORRER BEM PRESIDENTA? AGUARDO RESPOSTA

  3. Olá! futura Presidente do Brasil.
    É muita coragem de V.sª., em querer governar este país;
    Eu li, alguma coisa supra relacionada a igrejas. Tem cobrar impostos destes mafiosos, que tem por filosofia e teologia usar o nosso bom Deus para extorquir dinheiro do povo sofrido, diz que o homem é pecador, não acredito nestes contos de carochia, acredito que o maior pecado é roubar dinheiro do povo, tanto em forma de dízimo como também desvio de verbas maçante neste periodo de politicalha no Brasil, precisamos de uma pessoa de pulso forte para governar o nosso lindo Brasil.
    VC É A PSA CT P/ O CG D PRES P/ O NSS BR
    SAIBA QUE ESTOU TORCENDO POR SUA VITÓRIA.

  4. olá, Excelentissima MINISTRA DILMA,quero agradesser a Deus por vossa saúde, pois a senhora e importantissima para toda nação Brasileira, vejo no teu semblante a lúz de Deus, e nos transpareçe uma excelente mulher e preocupada com o bem estar de todos Brasileiros. por mim o Presidente Lula permanesse na presidencia por mais oito anos, nossa classe social esta saindo do vermelho graças a adminstração do EXCELENTISSSIMO PRESIDENTE, OJÉ O CIDADÃO HUMILDE CONSEGUE ADQUÍRIR, ALTOMOVÉL O/KM, E UMA VIDA MAIS DIGNA GRAÇAS A DEUS E AO PRESIDENTE LUIS INACIO LULA DA SILVA . (exemplo) SOU TESTEMUNHA QUANDO NÃO TINHAMOS ESTRADAS PARA EFETUAR TRANSPORTES DE CARGAS NO NORDESTE, OJÉ NO NORDESTE EXISTE ESTRADAS, ANTIGAMENTE O PERCUSSO DE 200 TODO O DIA PARA COMCLUI-LO, ojé um dia dá para rodar ums 500 á 700 KM tranquilo. excelentissima MINISTRA DILMA, no caso de nosso presidente sair da presidencia, eu e creio que muitos brasileiros como EU, gostariamos de tela como presidente da republica, conte comigo quero ser seu aliado e serviçal, agurdamos vossa eleição. abraços e muita saúde.

  5. Olá- Senhora mimnistra Dilma Rouseff, não se deixe levar por falssos méritos, pois o país confía em sua integridade e boa ética. Já éra esperado a senhora sofrer algun tipo de ataques no ambito de tentar manchar sua imagen. Todo o brasil sabe que quando os tucanos administraram o país, o país só vivia com alto indisse de inflação, caristia, e sem desemvolver de forma progressiva e acelerada, ojé temos estradas,melhor qualidade de vida, e linha de crédito com maior itensidade, na época dos tucanos o país se afundadava na divida externa, desvalorização da moeda brasileira e muitos outros fatores que fazia cresser a desigualdade social, os brasileiros tinham qualidade e vida bem inferior as de ojé. Queremos a senhora na presidencia da republíca e que possa continuar com os projetos do presidente lula e o pac e a luta por melhor qualidade de vida a todos brasileiros e o progresso o trabalho e crecimento de nosso país.IGUALDADE E E VÍDA MELHOR A TODOS BRASILEIROS.

  6. Boa tarde Senhora Ministra!
    Gostaria de saber qual o progeto da senhora, se eleita, oque eu acretido que ocorrerá, o que dis respeito aos militares das Forças armadas, pois existem muitos boatos. Pois nos militares vivemos uma penuria desde o governo color, tanto na parte operacional quanto na parte pessoal, que só veio a meninizar agora com o Governo do Senhor LULA. Grato

  7. estou para aposentar e fiquei sabendo que criaram um tal de fator previdenciário que derruba o sálario da aposentadoria, a Sra acha justo o pobre trabalhar 35 anos contribuindo para riqueza do pais e na hora de aposentar saber que ao aposentar seu sálario vai cair e terá que se contentar com o salário mínimo que não da nem para pagar a agua luz e impostos e outras coisas que enriquece esse Brasil? E acho que Deus colocou voces no poder para fazer justica principalmente aos pobres que não tem recursos para arcar com advogado para defender seus direitos que deveria ser fiscalizado pelo govêrno, como o inps que pagamos, os impostos que pagamos e na hora de usufruimos inventa-se leis para cortar os direitos dos trabalhadore, como este tal de fator previdenciario que não existe na Lei, foi criado por voces. Olha com cuidado pois Deus vai cobrar de vocês,e se não agirem direito Deus vai tirá-los do poder. cuidado com os pobres. pois o unico advogado que ele tem é Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.