i iNDA TEM FRANÇÊiS Qi DiZ Qi A GENTi NUM SEMO SERO

@ BRASIL, UM PAÍS DE CLASSE MÉDIA. Uma popularidade dessas só tem uma explicação: nós estamos conseguindo melhorar diretamente a vida de milhões de brasileiros”, afirmou a ministra da casa civil, Dilma Rousseff, sobre a massacrante popularidade do Governo Federal. Para ela, expansão consciente do crédito e o conseqüente aumento do poder aquisitivo modificaram diretamente a existência das pessoas. Ação direta, com pouco ou nenhum marketing. O governo Lula só começou a fazer propaganda de seu governo nas eleições de 2006. No entanto, e remando contra a maré da mídia golpista e dos arroubos moralistas de Arthur e companhia epistemologicamente limitada, o governo consegue uma aprovação que é maior inclusive do que quando Lula assumiu, em 2002, em plena euforia. Os mestres e doutores em comunicação e marketing, considerados a inteligência do século XXI, talvez não saibam explicar, mas o mercadinho da esquina sente na pele e no bolso as mudanças. É a diferença entre a superstição midiática-marketista (que atua em Manaus, por exemplo, nos governos estadual e municipal) e os corpos democráticos, projetos do governo de Lula que efetivamente modificam as relações econômicas e sociais, e que só podem surgir da experiência real, jamais da abstração que não passa pelo sistema nervoso central. Daí a direitaça se incomodar. Ainda não conseguiu sequer compreender o que acontece, quanto mais combater. I inda tem françêis…

@ MAIS 23 CURSOS DE DIREITO DESENDIREITADOS. Uma nova lista de instituições de nível superior que terão de diminuir o número de vagas oferecidas para o curso de Direito foi divulgada pelo MEC esta semana. O trabalho é resultado da parceria do MEC com a OAB, e coloca as universidades caça-níquel na berlinda. O objetivo do MEC é reverter um quadro nacional que aponta mais de 220 mil vagas para o curso disponíveis no país, a maioria delas advinda das relações fraternais entre empresários e o MEC de Paulo Renato, ministro da educação de FHC, que transformou o país num criadouro de universidades particulares de todos os calibres. Agora, com a explosão demográfica dos rábulas, o MEC tem que se haver com faculdades de direito sem as mínimas condições de funcionamento. Das 23 citadas nesta lista, seis assinaram um termo de saneamento de deficiências, que prevê mudanças na estrutura curricular e no corpo docente. Em Manaus, nesta lista, consta a franquia local da UNIP. E no mês que vem, está prevista a divulgação de mais 28 nomes. I inda tem françêis…

@ NO BRASIL, LA SINISTRA, IN ITALIA, LA DESTRA. Mais uma vez, a Itália corre o risco de ser governada pelo ultra-direitista e midiático Silvio Berlusconi. Nas últimas pesquisas divulgadas antes da proibição pela lei eleitoral, Il Caimano tem seis pontos de vantagem sobre o adversário, o ex-prefeito de Roma, Walter Veltroni. Se as pesquisas se confirmarem, será a terceira vez que os italianos colocam o estapafúrdio empresário na cadeira do executivo nacional. Sintoma da involução política daquele país, que já capturou o invisível no cinema neo-realista, mas que atualmente, na mídia, na economia e em termos gerais, tem vivenciado um hiper-realismo que chega ao falso absurdo. I inda tem françêis…

@ DENV-4 EM MANAUS: REALIDADE OU IRRESPONSABILIDADE? A questão está colocada entre a Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMTAM) e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). A FMTAM afirmou na quarta-feira (26) ter identificado três casos da Dengue tipo 4, chamada de DENV-4, a partir da “comparação seqüencial de DNA do vírus com outras cem seqüências registradas no GenBank, banco mundial de genoma”. Já a FVS-AM diz ser a informação inverídica, porque não foi realizada na própria instituição e afirma que dos três casos, dois são de dengue tipo 3 e o terceiro é na verdade outra doença viral. Numa entrevista ontem no Rio de Janeiro, ao Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, transparece a “suspeita de que material biológico tenha saído do País sem autorização do governo brasileiro e que esses pesquisadores tenham tido conhecimento do fato sem informar as autoridades sanitárias, o que seria um crime”. E faz um pedido à mídia seqüelada-alarmista-carniceira para não tratar essa hipótese “de forma irresponsável, isso seria de extrema gravidade nesse momento”. I inda tem françêis…

@ NADA PRA FAZER COM CPI, MAIS UM DOSSIÊ. Quem não se lembra da foto do dinheiro para a compra do do dossiê Serra, que acabou, em certa medida, levando a última eleição para presidente para o 2º turno? Dessa vez, PSDBestas e DEMsesperados começaram cedo. Depois de terem conseguido instalar a sonhada CPI dos cartões corporativos, mas estando o governo acordado e lúcido, com minoria numérica absoluta (estão até falando em uma nova CPI, restrita ao senado), só restou à atabalhoada a-posição a insônia de um suposto dossiê preparado uma funcionária do governo ligada à ministra Dilma contra o casa Fernandinho-Ruthinha Cardoso. Daí um pouco de beicinho, um pouco de trejeitos morais para os correligionários da mídia seqüelada fotografarem. Mas agora a história é outra. Dilma vivenciou como Lula teve que passar por toda a lama da politicardia e não perder sua integridade democrática. Como presidenciável para 2010, Dilma começa a ter que lidar com a inveja e a estupidez da direitaça, o que não será difícil, dada a limitação deles. I inda tem françêis…

Vamos que vamos

Que não queremos chegar                    

                    Aonde todos chegaram.

E só queremos ir…

1 thought on “i iNDA TEM FRANÇÊiS Qi DiZ Qi A GENTi NUM SEMO SERO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.