Enquanto a direita bate cabeça sobre os prejuízos – deles! – com o fim da CPMF, a classe operária brasileira continua, devagar e sempre, indo em direção ao Paraíso…

Crescimento Econômico leva 20 milhões de brasileiros à Classe ‘C’

Entre janeiro de 2003 e junho de 2006, foram seis milhões. De lá pra cá, mais 14.000.000 de brasileiros saíram da pobreza para a chamada classe média! As classes D e E caíram de 46% para 26%. A classe C decolou de 32% para 49%. Agora, a parte mais dolorosa para FHC, DEMos é companhia limitada é que a classe C, que cresce cada vez mais no governo Lula, já é quase metade do eleitorado nacional. E não adianta dizer que as classes A e B perderam poder aquisitivo, pois segundo a pesquisa, estas se mantiveram inalteradas.

Regiões onde o crescimento foi maior: Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com maior concentração no interior que nas regiões metropolitanas.

Punctum irônico: a pesquisa é da Datafolha. Ao frustrado dói ver e ter que noticiar o sucesso do inimigo…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.