TRÊS SERAFINADAS AQUÁTICAS

Primeira. A crença de que a administração de um ponto só vai gerar irradiação marketeada do feito para outros pontos e preencher um governo por completo é antiga no que concerne aos administradores manoniquins. Talvez por isso Serafim esteja tão crente que a campanha de levar água garanta a possibilidade de sua reeleição.

Segunda. Como vai garantir a reeleição em bairros onde a divulgação desse feito é desmentida pela realidade? Como no São José I, onde a população tem sofrido constantemente com a falta d’água, mesmo depois dos dias que não teve porque, segundo a prefeitura, estavam ligando as adutoras que solucionariam todo o problema da ineficiência da distribuição de água na Zona Leste.

Terceira. Não garante, principalmente porque a população, atenta que está para os seus direitos de cidadania numa totalidade democrática, não cai mais nessa de um administrador escolher apenas uma instância social, enquanto as outras instâncias vão sendo melindrosamente colocadas de lado. E a violência do transporte coletivo? E as escolas que estão sem aulas? E o desvio de verba da merenda escolar? E as crateras e abismos nas ruas?…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.